Profissão Perpétua na Ordem do Carmo

ir.sol 

Festejando a Natividade de Nossa Senhora, a Família Carmelitana de Jaboticabal, em especial as monjas carmelitas, viveu um momento de alegria e de graças, e eleva a Deus um hino de louvor pela nossa querida Irmã Solange, que fez hoje a  Profissão dos Votos Perpétuos na Ordem do Carmo.

Atraída pelo grande amor com que Deus a olhou e a escolheu, Irmã Solange assumiu a vida contemplativa, com firme propósito de viver em obséquio de Jesus Cristo, buscando a cada dia uma perfeita e íntima união com Deus, mediante a oração, a fraternidade e o serviço.

capela 1sacer

Acima: capela do mosteiro e a presença de vários sacerdotes da diocese e da Ordem do Carmo, e tendo como presidente da celebração Dom Antonio Fernando Brochini.

solvela

Irmã Solange

A celebração desse Rito, após o Evangelho, ressalta como a nova vida da monja brota da escuta e acolhida da Palavra de Deus. O convite à monja para que acenda a sua lâmpada é o apelo a uma atitude interior de vigilância, iluminada pela fé e pela caridade, preparando-a para o encontro com o Cristo.

Em sua caminhada sempre contou com a proteção materna de Nossa Senhora, e sob o olhar de tão terna Mãe, Irmã Solange busca também em Maria a fonte de inspiração na fé, na esperança e na caridade, entregando-se totalmente a esta Família Monástica.

lad 2lad

Momento da Ladainha: Antes que a monja pronuncie seus votos e a Igreja a consagre, uma oração intensa implora a intercessão dos Santos. Foram pessoas que escolheram e anunciaram, com a palavra e com a vida, a Boa Nova de Jesus. A santidade destes homens e mulheres, sacramentalmente na sua obra e no seu testemunho, é sempre o horizonte pessoal de todos quantos fazem parte da comunidade reunida ao redor da Palavra do Senhor.

profprof 1prof 2capa

sol 1capa 2

Irmã Solange fazendo a sua profissão religiosa nas mãos da priora Irmã Maria do Carmo, em seguida assina o livro e mostra ao público a sua opção de viver somente para Deus. De joelhos acolhe a oração de sua consagração proferida por Dom Fernando e recebendo a capa branca, trazida pela sua mãe, como sinal de sua pertença definitiva na Ordem do Carmo.

Celebrar o nascimento de Maria Santíssima, é celebrar um marco fundamental na história da salvação. Maria é a ponte que ligará a Trindade Santa à humanidade. Através de seu corpo, por Deus preparado livre do pecado, Jesus vem ao mundo, e Nele realiza seu mistério salvífico. Na vida de Irmã Solange, celebramos o nascimento definitivo para o Carmelo, marcado por uma aliança de amor, doação e de fé, e que a exemplo de Santa Teresinha deseja proclamar que encontrou no AMOR a fonte de sua vocação e missão na Igreja. Unidos como irmãos, peçamos pela sua fidelidade, para que possa viver plenamente o ideal da monja carmelita e doar a sua vida pelo bem da Igreja e de toda a humanidade.

simb

Irmã Solange apresenta o símbolo que escolheu para sua consagração:

Cruz e a Rosa

Significado do Símbolo da neo-professa

 “Qual rosa desfolhada eu me entrego a Ti Senhor, para ver teus pés repousar sem dor sobre as pétalas…” Assim Santa Teresinha se definia, assim Irmã Solange deseja viver, numa doação total, almejando uma ambição pura de desfolhar-se para o Senhor, e simplesmente deixar que o Espírito Santo a leve de um lado para outro sem reservas. Uma rosa é uma imagem bela… desfolhada não tem valor para o mundo, mas ela sabe que ao desfolhar-se está se doando totalmente a Cristo, não para revelar sua beleza própria mas para que o amor de Jesus seja revelado. A rosa não faz nada por si só, ela precisa do Divino Jardineiro, e é no Amado Crucificado que ela encontra força de se desfolhar, é aos pés da cruz que ela deseja permanecer, sendo regada pelo amor e pela misericórdia que brota do lado aberto, e assim ter a coragem de, a cada dia, se doar plenamente. A cruz de Cristo em virtude de sua eficácia é mais que um simples sinal. É uma opção! É uma resposta de amor! “Ela representa a união nupcial da alma com Deus, fim para a qual foi criada, união conquistada por meio da cruz, realizada na cruz e selada para sempre”.(S.Edith Stein) Tomando a cruz e a rosa como sinal a iluminar sua consagração perpétua, Irmã Solange proclama ao mundo o desejo de assemelhar-se a Cristo, o desejo de abraçar a cruz junto a Jesus e tal como a rosa, revelar a suavidade e a beleza de pertencer somente a Ele, com a certeza de que Dele provém e para Ele voltará.

 

comunh

gratbolo

mogi

A presença dos irmãos frades carmelitas Frei Marcelo e Frei Aparecido

e dos postulantes de Mogi das Cruzes

dudu

Irmã Solange com Frei Eduardo

mae

Irmã Solange com sua mãe Maria Nicácio de Melo

Que a Festa da Natividade nos faça relembrar essa história tão especial, com os olhos agradecidos diante daquela que soube dizer SIM e, através disso, tornar-se mãe não somente de Jesus, mas de toda a humanidade.

Rezemos pela fidelidade de nossa Irmã e pedimos  que o Senhor Jesus desperte muitos outros corações a se entregarem ao serviço do Reino de Deus.

Mãe e Esplendor do Carmelo, rogai, por nós!

Uma ideia sobre “Profissão Perpétua na Ordem do Carmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *