Comentário Bíblico

20° Domingo do tempo comum – 18 de Agosto de 2013.

 Justiça – Lucas 12, 49 – 53.

As exigências da vida cristã são procedimentos exatamente contrários aos que o mundo prega e adore. Por isso desde o início está declarada a luta entre o cristão verdadeira e o mundo que o rodeio, ou seja, entre o bem e ou mal e a consequência será a divisão dos fiéis a Cristo e os que não lhe dão credito. Observando este cenário Jesus nos convida a julgar cada um por si, o que ele acha conveniente para a sua vida e arcar conscientemente com as consequências da sua opção.

Assunção de Maria

 Maria reconhece todo o valor que o seu “sim” representa para humanidade. Reconhece a sua própria grandeza e o privilégio que recebeu por parte de Deus: Ser a Mãe de Deus, do Salvador, do Messias tão esperado por seu povo. Mas ele exclama em alta voz que esta escolha e este privilégio não são mérito Dela, mas bondade de Deus. Quantas dádivas nós receberam de Deus e quantas vezes agradecemos ao Pai?

 Comentário escrito pelo Capelão do Mosteiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *